Fabrício Lemos

Prefeito e secretário da educação de Gandu são denunciados ao Ministério Público de Contas da Bahia

28 MAR 2019
28 de Março de 2019

O prefeito Leonardo Cardoso (PP), de Gandu, voltou a ser denunciado a órgãos fiscalizadores e agora terá que explicar denúncias de supostas irregularidades envolvendo contratos com uma empresa de transportes. Além dele, foi denunciado também, ao Ministério Público de Contas da Bahia, o secretário da educação Wendell Oliveira Leite.

A nova denúncia aponta para contratos firmados entre a prefeitura de Gandu e a empresa de transportes EMBATTUR, contratada para prestar serviços a secretaria da educação e transporte de universitários Ganduenses até Itabuna e Ilhéus.

A denúncia levada ao MPC indica que o prefeito teria autorizado pagamentos, durante 12 meses, de locação de vans e ônibus, sem levar em consideração o período de cerca de 03 meses de férias dos estudantes. Mesmo sem prestar os serviços durante às férias, a empresa teria recebido de forma integral os 12 meses, comprovados em notas fiscais emitidas pela própria empresa. O valor total estimado pelo contrato beira os R$ 500 mil reais. Pelos serviços, a empresa recebeu, em 2017, R$ 497.520,00 (Quatrocentos e noventa e sete mil, quinhentos e vinte reais).

(Com conteúdo diarioparalelo)

Voltar


Todos Direitos reservados a Top Notícias